Raspagem na Web para não programadores: explica o especialista em Semalt

Se você trabalha com dados e usa a Internet como a principal fonte de um conjunto de dados, deve ter ouvido falar sobre raspagem na web. A raspagem da Web inicia quando você não consegue extrair dados dos sites desejados. Aqui também falaremos sobre as três ferramentas que você pode usar para raspar ou extrair os dados conforme seus requisitos.

O que é raspagem da web?

A raspagem na Web se refere à técnica ou método de extração de informações úteis de diferentes sites. Esta informação pode ser extraída tanto na forma de texto quanto na forma gráfica. Depois de coletadas, você pode usar as informações para diferentes fins: da pesquisa acadêmica ao crescimento dos negócios na Internet. Uma coisa importante que distingue a raspagem da Web do rastreamento da Web é que a raspagem da Web sempre se concentra na transformação de informações não estruturadas, geralmente na forma de HTML. Por outro lado, o rastreamento na Web é o procedimento de indexação de informações em mecanismos de busca como Google, Bing e Yahoo.

Os benefícios práticos da raspagem na web são infinitos, pois todas as pessoas e empresas podem se beneficiar dessa técnica de uma maneira ou de outra. Por exemplo, a raspagem na web ajuda a encontrar os dados corretos na internet para fins acadêmicos e de pesquisa. Também ajuda os profissionais de marketing a realizar pesquisas on-line e a saber como seus concorrentes estão expandindo seus negócios.

Três softwares ou ferramentas de raspagem da Web para não programadores e desenvolvedores:

1. Captura de tabela (extensão do Chrome):

É uma extensão do Google Chrome que pode ser adicionada ao seu navegador da Web e ajuda você a navegar pelas páginas da Web. Ele permite acessar e copiar rapidamente as tabelas HTML nas áreas de transferência e planilhas, como Google Docs, Open Office e Microsoft Excel. Depois de instalado e ativado, você precisará acessar a página Extensões do Google Chrome e procurar a opção "Captura de tabela" para adicionar essa extensão aos navegadores da web.

2. Área de transferência para a tabela (extensão Firefox):

Assim como o Table Capture, o Clipboard to Table é uma extensão abrangente que funciona com o navegador Firefox de uma maneira melhor. É bem parecido com a extensão do Chrome em seus recursos e propriedades, mas a única diferença é que permite selecionar linhas e colunas específicas apenas da tabela HTML. A raspagem dos dados da web com esta ferramenta é muito fácil: basta colocar o cursor do mouse sobre a tabela e clicar na opção denominada Table2Clipboard. A partir daqui, você pode copiar e colar a tabela inteira nas planilhas especificadas.

3. Planilhas do Google Docs:

Somente webmasters e profissionais de marketing digital sabem o significado das planilhas do Google Docs. Eles passaram por várias melhorias com o tempo e entre os diferentes recursos estão as possibilidades de extrair dados das tabelas HTML e importá-los para as planilhas. Na sua conta do Gmail, você pode acessar facilmente o Google Docs. Depois de fazer login na sua conta, você deve acessar a página do Google Drive e clicar no botão Criar -> Planilhas. O recurso mais interessante dessa ferramenta de raspagem de dados é que suas tabelas HTML são atualizadas automaticamente no site.

mass gmail